Poesias

Familiares            

De Pai para Filho Pré-adolescente!

Filho! Uma mulher foi feita para amar-se, amar e ser amada!
Para ser tocada, qual leve brisa à um rostinho de criança!
Para tocar-se, não só ao olhar, não só ao luar, suavemente!
Para ser tocada à luz do dia, no meio da multidão, sem nenhum constrangimento!

Para ser inspiração, de deliciosas, delicadas palavras de encantamento!
Palavras de confissão, de um réu confesso,
Completa mente vencido pelo furacão suave,
Que a qualquer um toca, com suas belezas femininas!

Pai, quero tocá-las, encontro-me inibido, porquê?
A tua idade traduz-se pelas incertezas, pelas dúvidas, pelas desconvicções!
Medo, vergonha, timidez ante à esfuziante curiosidade que te atormenta!

Não tenhas medos de tocá-las, pois todas elas o desejam!
Tens um lindo rosto, corpo, cabelos, olhar ao longe, pensante!
Tens uma ardilosa inteligência, não temas, toque-as! Elas te receberão!

Autor: Eduardo Gomes
Data: 10/04/2005


 
 

Categorias Poéticas:


Eduardo Gomes          Tel.: 55 - 71 - 98148.6350     Email: ebgomes11@hotmail.com