Poesias

Cartas            

Carta para Hellen!

Eu Mouro, ontem?
Meu futuro, quando?
Meu passado me é presente!
O amanhã é o hoje!

Não sou masoquista,
Carrego mágoas,
Carrego as chagas de Lázaro,
Dum passado de amados que me magoaram profunda mente!

E que ainda os amo! Contraditória mente?
Não gosto que brinquem com os meus sentimentos!
Não brinquei com os teus, quando disse que te amava!

Disse porque te amo, Hellen!
E não sei porque, nas nossas núpcias, me magoaste,
Horas depois, horas sofridas durante, hora dum posterior Adeus!

Autor: Eduardo Gomes
Data: 10/04/2005


 
 

Categorias Poéticas:


Eduardo Gomes          Tel.: 55 - 71 - 98148.6350     Email: ebgomes11@hotmail.com