Poesias

Confessionais            

Você me Magoou!

Adeus!!! Perceberás!
Sentirás, no peito, a dor!
De não mais provares,
Do meu amor!

Adeus, amor!
Ninguém, como te amei, jamais te amou!
Ninguém jamais te idolatrou como idolatrei!
Sinta querida, a minha falta, condeno-te!
Haverão cicatrizes no teu coração!

Foi tua, a escolha! Será teu, o arrependimento!
Adeus, minha linda!
Adeus, minha lida insana!
Adeus, minha amada!
Não foram falsas, as palavras que te disse!

Quando disse, te amo, foi porquê te amei desde o nosso primeiro beijo!
Hoje, resta o pranto!
Hoje, restam a mágoa e a desolação!
Da dor profunda, que provocastes em mim!

Agredindo insana mente, a quem, na vida mais te amou!
Magoando, maculando meu coração!
Não por vingança!
Mas amor igual ao meu, tu nunca mais terás!

 

Autor: Eduardo Gomes
Data: 23/03/2005


 
 

Categorias Poéticas:


Eduardo Gomes          Tel.: 55 - 71 - 98148.6350     Email: ebgomes11@hotmail.com