Poesias

Poetas            

Censura!

Eu que fui bem recebido,

hora não sou mais querido?

 

Sofro por censura?

Que triste desventura!

 

Eis a minha sina,

consumir minhas rimas!

 

Eis a minha dor,

não gozar do seu amor!

Autor: Eduardo Gomes
Data: 27/10/2004


 
 

Categorias Poéticas:


Eduardo Gomes          Tel.: 55 - 71 - 98148.6350     Email: ebgomes11@hotmail.com