Poesias

Hai Cai            

6 Hai Cais 000.002:

Bate sem parar,

Bombeia,

Há vida então!

 

Versou a morte,

Qual coveiro,

Enterrou augustas palavras!

 

O prazer do teu canto,

Promove alegria,

E letargia!

 

Fecundei-te oh Rosa,

Nasceu uma flor,

Luiza!!!

 

Fizemos um Cravo,

Altivo, forte, abrasivo,

Luiz Eduardo!!!

 

Teu canto ecoa,

No cálice,

Do meu coração!

 

Autor: Eduardo Gomes
Data: 29/09/2004


 
 

Categorias Poéticas:


Eduardo Gomes          Tel.: 55 - 71 - 98148.6350     Email: ebgomes11@hotmail.com