Poesias

Culturais            

Farol da Barra!

Olho do mar ao longe,

Observo um farol reluzente,

Tantas recordações me passam,

Tantas histórias na mente!

 

Condutor perpétuo, qual navios,

Dos destinos que o observam lentamente!

No folguedo do teu brilho,

Resplandecem corpos intermitentes!

 

Que o seguem tal qual vetor,

Mostrando em luz nos horizontes,

Diversos portos de chegada!

 

Portos para os errantes,

Portos delirantes,

Dos espectros que traduzem os destinos!

Autor: Eduardo Gomes
Data: 19/04/2003


 
 

Categorias Poéticas:


Eduardo Gomes          Tel.: 55 - 71 - 98148.6350     Email: ebgomes11@hotmail.com