Poesias

Don Giovanni            

Bela Face

Ver tua face, visão tão eclética...

Tão poética beleza que enlaça

E me cala o desejo de te ter

Por te ver e não poder tocar-te.

 

Tão bonita; beleza que agita.

Toda bela; beleza de donzela...

Toda diva; beldade que cativa.

Tão eclética; ardor deste poeta.

 

Doce menina não dá para não olhar

Teu olhar e nos teus olhos se perder

Poder morrer, morrer só de te amar.

 

Se te amar deste jeito é fenecer

Sendo um ser sedento dos teus olhos

Hoje choro por não poder te ter.

 

 

 

Autor: Eduardo Gomes
Data: 31/05/2002


 
 

Categorias Poéticas:


Eduardo Gomes          Tel.: 55 - 71 - 98148.6350     Email: ebgomes11@hotmail.com