Poesias

Familiares            

Comentários ao Outro Poeta

Escrever com simplicidade; não sei!

Escrever com sinceridade; consigo!

Se você compreender o que te digo,

Você saberá o que fui, o que sou, o que serei.

 

Orgulharam-me as palavras; dos teus versos,

Contraversos da minha poesia,

Que as deram cara nova, nova alegria,

E que lhes retiraram, em parte, a nostalgia.

 

Sua crítica é para mim, um rico tesouro!

Valem ouro suas palavras e ponderações!

Pois grande irmão, irmão de ouro,

 

Suas palavras sempre tocam o coração...

Coração simplório, simplório poeta,

Na emoção que invade nossa relação.

 

Autor: Eduardo Gomes
Data: 30/05/2002


 
 

Categorias Poéticas:


Eduardo Gomes          Tel.: 55 - 71 - 98148.6350     Email: ebgomes11@hotmail.com