Poesias

Sensuais            

Umbigo!

Por cima duas deliciosas montanhas

Por baixo um claudicante vale

No meio de uma gordinha barriga

Arrematas todos os anseios

 

Que se estabelecem ao fitar-te.

Oh buraco proibido

Oh caminho para o oceano mais profundo

Que se esvai no doce vale.

 

Entreposto de parada obrigatória

Para os navegantes cujo ardor é o mais conciso.

Buraco, cuja língua se esbalda...

 

No ato de passear pela barriga.

Olhar-te entre estampas quando passas

É aquecer todos desejos mais furtivos. 

Autor: Eduardo Gomes
Data: 08/08/2001


 
 

Categorias Poéticas:


Eduardo Gomes          Tel.: 55 - 71 - 98148.6350     Email: ebgomes11@hotmail.com