Poesias

Familiares            

Soneto a Fernanda Batista Gomes

Poetisa de uma dança milenar

Teus bailados são versos da mais pura poesia

Dançarina que nos vibra por encantar

Com suavidade e vertiginosa harmonia.

 

Das coreografias desta dança singular

Tão grandiosamente por ti interpretadas

Doce menina

Sempre forte no dançar

 

E seduzir todos os sonhos de quem visualiza

Teus movimentos, tua dança, teu bailar,

Puro encantar dos versos de Monalisa,

 

Que sempre dança por amor e por amar

A todos desta natureza altiva

Teus vassalos porque ousaram ver-te dançar.

 

Autor: Eduardo Gomes
Data: 28/08/2002


 
 

Categorias Poéticas:


Eduardo Gomes          Tel.: 55 - 71 - 98148.6350     Email: ebgomes11@hotmail.com