Poesias

Realistas            

Envelhecendo

Ah! Fragrância fugas...

Beijo amargo na carne viva

Que cristaliza o que já foi suave

Que entristece o que já foi distinto

 

Ah! Despropósito feroz...

Sofreguidão sob os teus olhos

A áurea clara empalideceu

Neste processo crematório

 

Desarticulador das alegrias

Vivas nos teus sorrisos

Propagador de heresias

 

Marcadas nas tuas rugas

Rugas no corpo e na alma

Envelhecimento paralelo do espírito.

Autor: Eduardo Gomes
Data: 09/09/2002


 
 

Categorias Poéticas:


Eduardo Gomes          Tel.: 55 - 71 - 98148.6350     Email: ebgomes11@hotmail.com