Poesias

Capital Especulativo            

Monte Fuji!

No sopé do Monte Fuji,

Brotam límpidas e cristalinas,

Águas de enxurradas,

Prantos de Hiroshima!!!

 

Que lindas meninas para os olhos,

Crianças que à morte conduziu-se,

Evaporadas na luz,

De uma explosão desumana!!!

 

Atrocidade colossal,

Nada assim jamais se viu,

E o pranto de uma nação,

 

Orgulhosa, produziu...

As cachoeiras deste monte,

Águas puras para o pensar! Pesar! Pesar! Pesar...

Autor: Eduardo Gomes
Data: 30/09/2002


 
 

Categorias Poéticas:


Eduardo Gomes          Tel.: 55 - 71 - 98148.6350     Email: ebgomes11@hotmail.com