Poesias

Politizadas            

Socializando Ultra-Imbecis

Das frontes e das pontes desta batalha inglória

Urge a estória de nossas vias errantes.

Partidários das igualdades que ante a Natureza insurgem-se

Lutam por paternalismos aristocráticos militares ante às prevaricações carnais.

 

Nos anais da ignorância que os exasperam

Vivem honorários dos artifícios involutivos

Embriagados pelo coito cujas comunas resvalam

Em antítese desconhecem a Evolução.

 

De milícias imbecis e descapitalizações cegas

Cedem as pregas para as regras do imponderável

Calvário cujo inventário prediz parca sabedoria.

 

Alegoria das origens muito mais que servis

Da submissão da sapiência à ignorância

Na ganância mesmo guardam a própria gala.

Autor: Eduardo Gomes
Data: 21/03/2003


 
 

Categorias Poéticas:


Eduardo Gomes          Tel.: 55 - 71 - 98148.6350     Email: ebgomes11@hotmail.com