Poesias

Contos            

A Macacada!

A macacada fugiu da gaiola para comer goiabada

A macacada era de lei

A macacada comia marmelada

Ela vendia bombons, ela vendia perus.

 

A macacada na cruz queria comer bombom

Ela descascava as balas

Ele detonava maçanetas

A macacada não, quem nasceu de Maria?

 

A macacada gritava, a macacada pulava, a macacada grunhia...

Todos queriam bananas, d’água e mação delícia.

 

A macacada provou do cacho dela

A macacada provou do meu cacho

Eu e ela juntinhos a comer e dar risadas

Dos olhos da macacada, dos cabelos também...

Chiclete com marmelada

Coisas que lhes convém.

 

E hoje nestes cambalachos, a macacada escreve...

Jesus é alegria, Jesus é nosso encosto...

Jesus é maresia, marés de águas, antegosto...

 

Os fatos são incontestáveis

Os fatos não se contestam

Bananas para os que querem bananas

Muita alegria no rosto...

Autor: Eduardo Gomes
Data: 19/02/2003


 
 

Categorias Poéticas:


Eduardo Gomes          Tel.: 55 - 71 - 98148.6350     Email: ebgomes11@hotmail.com