Poesias

Capital Especulativo            

Linchamento!

A multidão estava sedenta de sangue!

Capturaram um inimigo!

Bateram, lincharam!

Degolaram, queimaram, esquartejaram!

 

Desceram na ordem cronológica,

A uma era primitiva,

Anterior à civilização?

Arraigada no nosso sistema límbico!

 

Desejo universal e humano,

Que agredido, agride,

Na simples lógica natural de sobreviver,

 

A qualquer preço!

Matando e morrendo,

Como um bando que caça e é caçado!

 

Autor: Eduardo Gomes
Data: 11/05/2004


 
 

Categorias Poéticas:


Eduardo Gomes          Tel.: 55 - 71 - 98148.6350     Email: ebgomes11@hotmail.com