Poesias

Caricaturais:            

Soneto de um Emo!

Sinto-me confuso,

A natureza me detesta!

Amo minha natureza?!

Pena que não presta!

 

Sinto-me livre para amar,

Meu amor é um abismo,

Que me joga ao mar,

Sem nem um lirismo!

 

E o que dizer do que me resta,

Meu amor bandido,

De meninos e meninas...

 

Hora estou fudido,

Perdido atrás da moita,

O meu corpo ungido!

 

Autor: Eduardo Gomes
Data: 29/10/2011


 
 

Categorias Poéticas:


Eduardo Gomes          Tel.: 55 - 71 - 98148.6350     Email: ebgomes11@hotmail.com