Poesias

Don Giovanni            

Cárcere

No cárcere dos teus olhos

Ficou prezo o meu destino

No sal da tua boca

Forjei minha ilusão...

 

Que me alimenta

Que me mata

Que me degrada

Que me excita

 

Tu és bonita, sabes!

Tu és perigosa, sinto...

Não te amo, minto...

 

Não te quero querer

Mas te quero

Assim mesmo...

Autor: Eduardo Gomes
Data: 14/02/2003


 
 

Categorias Poéticas:


Eduardo Gomes          Tel.: 55 - 71 - 98148.6350     Email: ebgomes11@hotmail.com