Poesias

Sensuais            

Gostosa!

Teus bicos dos seios despontavam para o mundo!
Tuas marcas de biquíni, enlouqueciam-me!
Não conseguia desviar os olhos dos teus seios!
Não conseguia desviar o olhar de tua bocetinha linda!

O sangue ferveu quando vi a marquinha em tuas nádegas!
Como tu provocas?
Como tu fazes ferver todos os desejos inimagináveis!
Provei tua vagina com a boca!

Chupei até o teu gozo, bebi o teu caldo!
Beijei tua boca, beijei teus seios!
Penetrei na tua bundinha!

Olhei por traz, o paraíso das tuas nádegas,
Recebendo-me prazerosa e
Gozando, Gostosa!

Autor: Eduardo Gomes
Data: 25/10/2005


 
 

Categorias Poéticas:


Eduardo Gomes          Tel.: 55 - 71 - 98148.6350     Email: ebgomes11@hotmail.com