Poesias

Sensuais            

Há de Vir

Há de vir os teus seios macios!

Há de vir um futuro melhor!

Propensão de um passado arredio,

Que fugiu para não mais voltar...

 

Hás de ver no fundo dos meus olhos!

Hás de crer no que te digo!

Farei do teu corpo, meu abrigo!

Farei do teu ventre, meu lar!

 

Paragem de todos os sentidos.

Sensação de mil prazeres.

Clamor em pura ebulição.

 

Erupção dos nossos corpos, magma ativo!

Vulcão em chamas de nossos sentimentos,

Num ato inimaginável de amor!

Autor: Eduardo Gomes
Data: 28/11/2002


 
 

Categorias Poéticas:


Eduardo Gomes          Tel.: 55 - 71 - 98148.6350     Email: ebgomes11@hotmail.com