Poesias

TEXTOS D TERCEIROS 01            

Trecho de A Conspiração dos Felizes ( Perce Polegatto )

O que mais me admira no espetáculo do mundo,
demarcado por longos estios e chuvas devastadoras,
é esse inconcebível potencial de fugacidade e aniquilação,
um sol escuro, nem benigno nem maligno,

que a um tempo extingue e renova tudo o que existe,
preservando a vida à custa de exterminar justamente os que vivem,
com isso propondo que tudo continue,
sob o preço de que nada permaneça.

________________________________________________________________________________
Perce Polegatto tem 53 premiações em concursos literários de âmbito nacional. Um livro de contos, A canção de pedra, publicado em 1985, traz oito de seus primeiros trabalhos, ainda sob forte influência das fábulas e do romantismo tardio de autores alemães e franceses, tendo sido parcialmente adaptado ao teatro (São Paulo, 1987). É autor de A conspiração dos felizes, A seta de Verena e Lisette Maris em seu endereço de inverno.

Textos do autor em:

http://geocities.yahoo.com.br/ppolegatto

http://www.usinadaspalavras.com/index.html?p=textos_autor&aut_id=215

http://www.prefacio.net/index.php?view=artigos&procura=perce+polegatto

Email: pperce@bol.com.br

O texto acima é de autoria de Perce Polegatto.

 

Autor: Eduardo Gomes
Data: 18/10/2005


 
 

Categorias Poéticas:


Eduardo Gomes          Tel.: 55 - 71 - 98148.6350     Email: ebgomes11@hotmail.com