Poesias

Confessionais            

Desejo de Crítica!

Tenho sede de crítica!

Marés revisionárias,

Poesias visionárias,

Retrospectos de autocríticas!

 

Desejos de estética perfeição,

Como se, ao homem, fosse possível,

Fugir aos erros que nos caracterizam,

Fugir das imperfeições que nos aterrorizam!

 

Tenho sede de crítica!

Amigos, irmãos persistam!

Desejo vossas críticas...

 

Por necessidade e esmero,

Predisposição ao desespero,

Se não houverem críticas!

Autor: Eduardo Gomes
Data: 30/05/2003


 
 

Categorias Poéticas:


Eduardo Gomes          Tel.: 55 - 71 - 98148.6350     Email: ebgomes11@hotmail.com