Poesias

Realistas            

Consciência

A consciência é foda!

É como uma voz que não se cala!

É como o fio duma navalha,

Que talha qualquer ilusão!

 

Se tiveres de pedir perdão, peça!

Talvez sejas perdoado?

O tempo abranda...

Difícil será perdoar-se!

 

A consciência é foda!

Martela a mente humana

De forma desumana!

 

Reverbera em martírio,

Toda a miséria que sobe à mente!

Só para ser sempre foda! 

Autor: Eduardo Gomes
Data: 19/04/2003


 
 

Categorias Poéticas:


Eduardo Gomes          Tel.: 55 - 71 - 98148.6350     Email: ebgomes11@hotmail.com