Poesias

Capital Especulativo            

Eis Armadilhas Capitalistas Financeiras!

Armadilhas financeiras imbecis?! Nas mãos erradas estavam!

Quanto à essência de tal povo, aristocrata,

Bancos, FMI, BID, SFI, Factorings, corretoras, seguradoras, agiotas!

Fomentando arapucas para subtrair nosso dinheiro! No passado!

 

Tome lá um cartão de crédito, dizia eu como gerente! 

Você tem um bom limite! Consuma-o?

E fôda-se depois para nos pagar juros mensais?

Trocar capital garantido por um periódico mensal mais o capital no final!

 

Que maravilha, que economistas prostitutas de gênio de merda, hora nossas putas!

Picaretas; ladrões de Bagdá, e o capitalista é Ali Bábá?!

Fuderam-se todos os articuladores imbecis do passado! Nosso papa é um rato, alemão!

 

Agora Ali Bábá é Celta, mestiço, traz em si o sangue de todas as raças, índio (oriental), negro, branco, muito mais articulador, venenoso, cicutídico e venoso que os do passado!

Com minha mão Céltica, construo de divinas orações a Legislações Genocidas!

 

Autor: Eduardo Gomes
Data: 03/05/2005


 
 

Categorias Poéticas:


Eduardo Gomes          Tel.: 55 - 71 - 98148.6350     Email: ebgomes11@hotmail.com